top of page
  • Foto do escritorestarcomunicacao

MC IG compartilha o single "Deus, por favor?" com Kevin O Chris e celebra sucesso do álbum "Todo Mundo Odeia o IG"

O artista figura entre os 200 artistas mais tocados do mundo no Spotify e entre os 4 mais tocados no Brasil



Crédito: WYSS

MC IG, um dos nomes mais expressivos do funk brasileiro na atualidade, se junta ao cantor Kevin O Chris no single "Deus, por favor?", uma canção que celebra a fé e a superação em meio às dificuldades da vida. A música, que faz parte do álbum "Todo Mundo Odeia o IG", já acumula milhões de plays nas plataformas digitais e figura entre as mais ouvidas no Brasil.


"Deus, por favor?" é uma mistura contagiante de funk e trap, que narra a busca por um amor verdadeiro, e a força da fé para superar os desafios da vida. A melodia envolvente e a sintonia entre MC IG e Kevin O Chris garantem um sucesso instantâneo. A música faz parte do álbum "Todo Mundo Odeia o IG", que consolida o sucesso estrondoso do funkeiro. O álbum conta com sete faixas e parcerias com nomes como Poze do Rodo, Mc Ryan SP, Veigh, Oruam e MC PH.


O sucesso de MC IG é inegável. O álbum "Todo Mundo Odeia o IG" e o single "Deus, por favor?" comprovam isso com números impressionantes: 19 milhões de plays, após o lançamento do álbum. O artista figura entre os 200 artistas mais tocados do mundo no Spotify e entre os 4 mais tocados no Brasil. Em Portugal, ele ficou na posição #22. As novas faixas do álbum alcançaram 3 milhões de plays em menos de 24 horas.


Com talento, carisma e uma legião de fãs, MC IG se consolida como um dos principais nomes do funk brasileiro. Sua música, que combina batidas contagiantes com letras que retratam a realidade das periferias, conquista cada vez mais espaço nas rádios, plataformas digitais e shows por todo o país. O sucesso de IG é resultado de sua dedicação à música e da identificação que seu público tem com seu trabalho. "Deus, por favor?" e o álbum "Todo Mundo Odeia o IG" são apenas exemplos da força e da criatividade de um artista que ainda tem muito a oferecer à música brasileira.


6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page