Buscar
  • estarcomunicacao

MC Rebecca, Kevin o Chris e WC no Beat juntos pela primeira vez

Clipe estreia nesta quarta (11), meio-dia no Youtube e música já está disponível nos apps de músicas


Exageros à parte, o ano de 2019 é um dos melhores na história do Funk brasileiro. De Drake à Madonna, o ritmo invadiu os quatros cantos do mundo e também as inúmeras playlists dos aplicativos de streaming. Sendo assim, que tal fechar o ano com chave de ouro?


Duas grandes revelações do funk nacional, MC Rebecca e Kevin o Chris se juntam, pela primeira vez, para lançar “Repara”, hit certeiro e que tem o ilustre WC no Beat também comandando os vocais.


Na música, Rebecca deixa claro seu empoderamento feminino ao cantar: “Então repara! Tu vai entender porque a preta é um parada! Já Kevin complementa com o seu estilo festeiro e solta sua senha para quem quiser entrar na diversão: “De copão na mão…”. O rapper e produtor musical WC responde aos MC’s e também entra no clima!


No clipe gravado em Búzios (RJ), os três artistas interagem entre si e com as batidas do 150 BPM da música. Rebecca aparece com três poderosos looks e um desses é como uma deusa do funk, toda vestida de dourado. Já Kevin e WC aproveitam a festa e se divertem com bailarinas e em ambientes diversos.


MC Rebecca no digital:

YouTube: aproximadamente 400 mil inscritos. Destaques para “Ao Som do 150” com mais de 26 milhões de views e o vídeo de coreografia de “Deslizo e Jogo” com mais de 5 milhões de visualizações e na lista dos dez vídeos de dança mais vistos de 2019.


Spotify: aproximadamente 1 milhão de ouvintes mensais. Destaques para “Cai de Boca Que Tá Muito Bom” com 14 milhões de streams e “Combatchy”, parceria com Anitta, Luísa Sonza e Lexa, com mais de 16 milhões de plays.


PREVIEW: Forte no segmento do funk, MC Rebecca, 21 anos, completa um ano de carreira com novos ritmos na bagagem e já acumula mais 60 milhões de views no YouTube. Os posts da MC já foram compartilhados e comentados por nomes como Cardi B e Snoop Dogg. Com agenda de shows em alta, Rebecca fez sua primeira turnê internacional este ano, quando passou por três cidades americanas e três países da Europa. Com a música ‘Combatchy’ (com Anitta), ela foi a primeira brasileira negra a entrar na parada mundial e a única a alcançar o número um no Top Brasil, nos apps de áudio em 2019. A cantora é conhecida também pela sua personalidade, uma mulher negra, empoderada, mãe e bissexual.


MC Kevin O Chris no digital:

Youtube: aproximadamente 1,5 milhões de inscritos. O clipe de “Evoluiu” tem 50 milhões de visualizações;

Spotify: aproximadamente 07 milhões de ouvintes mensais. A música “Ela É do Tipo” tem mais de 80 milhões de streams.


PREVIEW: Kevin O Chris, 22 anos, é o maior nome do funk da atualidade e é a linha de frente do 150 BPM. De cabelo cortado "na régua" e bigodinho fininho, o brasileiro chama atenção de astros internacionais, como Drake e Cardi B. Kevin já entrou para a história ao ser o primeiro funkeiro a se apresentar no Lollapalooza (2019), ao lado do cantor americano Post Malone - e também está confirmado na edição de 2020. Recentemente, o MC se apresentou no MTV Miaw e no Prêmio Multishow 2019 e também foi indicado ao MTV Europe Music Awards 2019, na categoria Melhor Artista Brasileiro (ao lado de Anitta, Emicida, Pabllo Vittar e Ludmilla). Com uma média de 20 shows por mês no Brasil e agenda fechada até março de 2020, Kevin também levou o funk 150 BPM para os Estados Unidos, em setembro de 2019, na sua primeira turnê internacional. No digital, o artista é uma avalanche de números e engajamentos. A música “Evoluiu” foi tema do #EvoluiuChallenge; um desafio de vídeos de maquiagem na internet. No YouTube, com menos de um ano de existência do canal oficial, o cantor acumula mais de 250 milhões de acessos. No Spotify, ele alcançou quatro vezes o primeiro lugar do Top Brasil e, claro, também entrou no Top 50 Global. Outro sucesso do artista, “Vamos Pra Gaiola” (participação do DJ FP do Trem Bala), ganhou certificação tripla de platina por ter tido mais de 130 milhões de execuções nas plataformas digitais. Já “Ela É Do Tipo” alcançou o Top 10 Global do Spotify, tendo ficado em primeiro lugar nas paradas do Brasil por várias semanas.


Mais sobre WC no Beat:

O produtor musical capixaba WC no Beat é o precursor do movimento Trap/Funk no Brasil. O artista já gravou mais de 30 artistas do país e os seus números no Spotify impressionam, contabilizando 1,5 milhão de ouvintes mensais. O destaque vai para a música “Meu Mundo”, que possui 45 milhões de plays.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo